sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Os gatos e o Natal



O Natal está a chegar e sente-se um espírito de alegria no ar. Muitas são as decorações para colocar, prendas para comprar e ementas para decidir. No meio disto tudo o seu gatinho anda todo animado a correr pela casa e a desvendar os segredos do Natal. No entanto, existem alguns cuidados que deve ter para que o seu miau não se aleije ou para que ele não fique doente.
Depois de termos falado sobre os cuidados a ter com o seu cão no Natal, deixamos alguns pontos muito importantes para que corra tudo bem com o seu gato.

Decorações e presentes de Natal

Nesta altura, existem um pouco por toda a casa decorações natalícias e presentes de Natal. Contudo, estes podem ser perigosos para o seu gato. Assim sendo, existem alguns pontos que deve ter em atenção. Nomeadamente:
  • Não deixe que o seu amigo de quatro patas brinque com os enfeites da árvore de Natal. Por ser grande e brilhante, está atraí o fascínio dos pequenos felinos. Contudo, eles podem magoar-se se alguma das decorações se partir. Se possível, opte por enfeites de Natal que não se quebrem.
  • Coloque os cabos das luzes de Natal bem longe do alcance dos seus gatos. Principalmente os gatinhos, gostam bastante de os roer.
  • Não deixe o seu gato subir a sua árvore de Natal. A árvore pode cair e o seu miau pode magoar-se. Certifique-se de que ela está bem segura.
  • Tenha cuidado com os enfeites que coloca nos presentes. O seu gato pode facilmente começar a brincar com eles e engoli-los.
  • Depois de embrulhar os presentes, arrume bem todo o material, pois os gatos são muito curiosos e podem magoar-se com tesouras e outros objetos.

Festa de Natal e comida

O Natal é a época em que a família se reúne e na qual se costumam dar grandes festas. Se é esse o seu caso, por mais que goste do seu gatinho, não o exponha a esse tipo de festas. Muitas pessoas juntas, gente desconhecida e barulho são coisas que vão deixar o seu animal de estimação com um nível de stress e de agitação muito elevado. Opte por deixá-lo numa divisão quentinha e confortável, com comida e água.
Por outro lado, se o seu Natal se resume a um jantar calmo com poucas pessoas, então não há problema nenhum. Se o seu gatinho está à vontade com as pessoas que estão presentes no jantar e se o ambiente estiver calmo, o seu miau pode estar a dormir sossegadinho ao pé da lareira,
Outro factor muito importante é a comida. O seu menino de patinhas de veludo apenas pode comer a comidinha dele. Nesta época natalícia pode comprar uma comida diferente e especial para ele, mas não lhe dê da sua comida. Como o seu gato não está habituado a esse tipo de comida, pode sentir-se mal. Quanto aos doces, são absolutamente proibidos.
Por último, mas não menos importante, em algumas terras e/ou famílias é frequente o uso de fogo-de-artifício para assinalar esta época tão bonita. No entanto, mantenha o seu gato o mais afastado possível destes explosivos. O seu amigo de quatro patas vai ficar super assustado e agitado e pode até mesmo fugir de casa e magoar-se.
Lembre-se de que o Natal é uma época especial de família e de alegria. Por isso, para que o seu Natal não fique manchado por coisas menos boas, tome todas as precauções para que o seu gatinho tenha um feliz Natal.

6 comentários:

  1. Boas dicas para os gatinhos ficarem bem ante, durante e depois da festa! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Que lindinhos.
    Eles são os nossos melhores amigos. Merecem uma comemoração de Natal especial.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Aaaah! Amo essa época natalina!!!!
    Muito boa essas dicas! Temos que ter cuidado mesmo...

    Beijos e linda noite *-*

    ResponderEliminar
  4. ai que foto!
    quem fica indiferente a esta foto?!
    gostei muito

    beijos

    ;)

    ResponderEliminar
  5. As festas deixam os animais stressados, sem duvida. Quando temos uma na quinta os cães ficam nervosos. Há que evitar porque o stress prejudica-os. Beijinhos

    ResponderEliminar

Obrigada por gostares de gatos :)
Todos os comentários são muito importantes para mim.
Ron-rons da Moody