segunda-feira, 4 de junho de 2012

Marido divorcia-se porque mulher tinha 550 gatos



Um homem residente em Israel vivia numa casa cheia de gatos até à semana passada, quando decidiu pedir o divórcio. Na origem da decisão: os 550 gatos que a mulher insistia em manter na residência.

Em sua defesa no tribunal de Beersheba, o marido disse que aquela situação estava a fazer-lhe perder o sono e até a cama, já que os felinos não gostavam de dividir o leito com a sua mulher e ele.

Além disso, também alegou no pedido de divórcio que os animais bloqueavam o seu acesso à casa de banho e à cozinha da casa, e «roubavam» a sua comida quando ele cozinhava.

Diante do juiz, o casal ainda tentou uma reconciliação, mas a mulher não abriu mão de ficar com os gatos.

in Diário Digital

5 comentários:

  1. Tudo bem! Vamos lá respeitar e amar esses felinos tão especiais mas ... 550 ???????
    (mas... pelo menos... ela não abandonou os bichanos)

    ResponderEliminar
  2. Adoro gatos mas, parece-me muita malta! um já me dá tanto trabalho e ocupa tanto espaço...
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. ahahahah Li esta noticia. Ninguém consegue demover o verdadeiro amor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Adoro gato, mas 550?
    Quem consegue cuidar bem de todos?
    O marido tem razão.
    bjs

    ResponderEliminar
  5. 550 é demais, embora eu goste muito desses felinos.

    beij

    ResponderEliminar

Obrigada por gostares de gatos :)
Todos os comentários são muito importantes para mim.
Ron-rons da Moody