terça-feira, 7 de dezembro de 2010

A memória dos gatos



Selectiva, muito selectiva ;-)
Os gatos aprendem e fazem-no depressa. Por isso aprendem o nome pelo qual o chama ao cabo de poucos dias, onde guarda as gulodices, onde está a taça da água, qual o melhor local para caçar as suas presas favoritas, qual o melhor sítio da casa para dormir a sesta no Inverno, qual o local mais fresco no verão.
Os gatos têm memória e ela é duradoura. Sabem onde procurar a caixa de areia, a gateira, os brinquedos favoritos.  A sua memória permite-lhes aprender e recordar as rotinas dos donos e antecipá-las, indo para a cama logo que os ouvem lavar os dentes ou apagar a televisão. 
Conseguem mesmo regressar a casa, por vezes, mesmo após muitas semanas e demasiados quilómetros depois, graças ao seu sistema de navegação e à forma como recordam qual era a posição do sol na sua casa.
Recordam bem quem os trata bem e aqueles que devem recear ou atacar, os melhores caminhos e os locais a evitar. Isto é, aprendem e memorizam imensas coisas.
Porém, por vezes parecem não querer perceber que os ratos que caçam não devem ser levados para dentro de casa, a mobília não deve ser arranhada e os donos não gostam que use a sua roupa preta como colchão.
A questão é que há coisas que são de extrema importância para o gato e outras que apenas são importantes para o dono e a sua memória seletiva leva-os a privilegiar as primeiras. Apenas com treino adequado, o gato aprenderá aquilo que deve recordar em nome do dono.
Há que respeitar a natureza dos animais e ser um pouco mais inteligente do que eles para conseguir o comportamento ideal ao bom convívio dentro de casa.
 
festinhas para todos

7 comentários:

  1. É isso mesmo ! A Pink sempre fica me esperando na cama na hora de dormir ! Mas se esquece que não é pra arranhar o sofá...
    Preciso aprender esse treino adequado...
    Esse gato da foto é maravilhoso !
    Beijos
    Laís

    ResponderEliminar
  2. É verdade! Aqui em casa os meninos já sabem de tudo, às vezes lembram até mais do que nós mesmos! Sem falar no que eles sabem que não devem fazer, mas ainda assim fazem, hehehe!

    É o que nós sempre dizemos aqui: nosso amor por eles supera tudo!

    Beijos da trupe!!

    ResponderEliminar
  3. Os gatos são os seres mais fascinantes que eu conheço! O sentido de orientação que possuem é incrível. E a própria forma como encaram o mundo é desconcertante. Por vezes, parece que vivem numa realidade paralela, o que lhes confere uma poesia que mais nenhum animal tem.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Concordo plenamente e convivo há décadas com gatos...a minha melhor amiga diz que eu própria sou «felina».
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. E' verdade. a minha gatinha esperava por mim sentada a porta da casa de banho, quando sentia que eu me ia preparar para dormir
    bom fim de semana
    com amizade
    fernanda

    Ouvi , por acaso aqui ha tempos alguem dizer que talvez fechasse este blog?
    espero que todos estes gatinhos nao tenham entendido ( brinco )
    muito bom o blog!

    ResponderEliminar
  6. Amo gatos! Na realidade, amo todos os animais.
    Tenho uma gatinha chamada Agni (Meméu é o apelido, por causa do jeito de "fala"). Ela é cheia de personalidade, mas fácil de conviver.
    Gostei muito do post.
    Sigo-te para retornar outras vezes.
    Bjo

    ResponderEliminar
  7. Howdy very cool website!! Guy .. Excellent .
    . Wonderful .. I'll bookmark your site and take the feeds additionally? I am glad to search out so many helpful info here in the publish, we want develop more strategies in this regard, thanks for sharing. . . . . .
    Also visit my page - know memes

    ResponderEliminar

Obrigada por gostares de gatos :)
Todos os comentários são muito importantes para mim.
Ron-rons da Moody