sábado, 1 de maio de 2010

Escolha o melhor cesto para o seu gato









Dormir!? Alguém falou em dormir? É para já! Sim, é verdade, somos os reis da sorna! E depois? Todos temos passatempos e a dos gatos é dormir – entre 16 a 18 horas por dia para ser mais preciso! É muito provável que tenhamos quebrado já mil e um recordes mundiais…e contamos consigo para nos ajudar a manter o nível! Como? Apresentamos abaixo algumas dicas para escolher o melhor cesto para garantir o nosso sono de beleza!

Se por um lado conseguimos dormir em qualquer sítio, também compreendemos que não goste de nos ver a tirar uma soneca em cima do seu edredão de penas ou no sofá novo! Por isso mesmo é importante escolher um bom cesto e, das mais simples às mais extravagantes, existem camas para todo o tipo de felino!
À nossa medida

Nunca pensei dizer isto, mas no que toca às nossas camas, o tamanho importa! Não se esqueça que não vamos ser pequenas bolas de pêlo para sempre…desculpe ser eu a ter que o informar, mas sei do que falo! Vamos crescer e tornar-nos gatos elegantes e majestosos, ou seja, vamos continuar a precisar de espaço (apesar de nos conseguirmos enroscar e encaixar em qualquer sítio)! E aqui pode fazer duas coisas: ou compra, logo à primeira, uma cama grande que me vai “servir” até à idade adulta; ou então, quando as minhas patas já tiverem de fora, vai ter de adquirir uma nova – se você não se importar, eu também não me importo… vai ser como ter um vestido novo… ou algo do género…
Uma escolha difícil

A par com os tradicionais cestos redondos ou ovais, existem ainda em forma de sofá, cama, túnel, tenda, nicho, saco cama…ai, estou a ficar cansado só de pensar em tanto cesto! Mas ainda tenho de lhe dizer mais uma coisa: com tanta variedade, também os preços são muito abrangentes e vão dos poucos euros (ex: Cama “Elegance”), passando por algumas dezenas (ex: Abrigo em verga com cama no topo) e até centenas de euros (ex: “Royal Pet Bed”), ou seja, há um para a sua carteira certamente!
Os modelos mais populares:

* Abrigo em verga com cama no topo
* Cesto em verga em forma de concha
* Cesto em plástico/PVC com almofada
* Cesto em nylon/tecido
* Cesto em peluche
* Cesto em pele de carneiro
* Cama tipo pouf
* Cesto com aplicação de hammock, ou seja, pode ser aplicado a janelas (para vermos o que se passa lá fora!), radiadores (para estarmos mais quentinhos!) ou nas paredes (porque adoramos alturas!).

Os requisitos

* Qualidade/conforto – Não só do cesto em si, como dos seus materiais e tecidos. Sim, uma cama não é uma cama sem uma almofada fofinha e quentinha…só para mim!

* Design/estilo – Tem de combinar comigo e com a nossa casa, claro! Acho que podia ser uma cama de água para condizer com a torneira da cozinha! Que diz?

* Cores e feitios – Lisos ou com padrões, o ideal será a escolha de uma cor mais clara se o seu felino largar muito pêlo e se não quer que esse esteja à vista de todos; ou então um tom mais escuro para aqueles felinos que largam pouco pêlo ou se é daqueles donos que já nem vê pêlo, ou seja, não o incomoda minimamente! Se for desses, é dos meus! Se não, também estou solidário convosco porque reconheço e aprecio o esforço que fazem em manter-nos a nós e às nossas coisas a brilhar! Por isso mesmo, preste especial atenção ao próximo ponto!

* Limpeza rápida – De preferência o cesto deve ser de fácil limpeza, deve ser lavável, secar bem e rapidamente! O ideal é comprar uma almofada ou coberta suplente, porque assim há sempre pelo menos uma limpa e não tem de ir a correr lavar a suja! Escolha uma cama prática, assim, em vez de perder muito tempo a limpá-la, pode dedicar esses minutos a fazer-me festinhas. Prrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr….

* Durabilidade – Eu sei que os tempos são de crise e que se calhar não pode gastar muito dinheiro num cesto para mim (bem, se tiver de escolher entre uma dúzia de latas de Whiskas e uma cama, sabe perfeitamente o que escolhia!), mas certifique-se que não vou dar cabo da cama durante uma noitada de insónias e de garras afiadas!

* Seguro – Uma tenda colorida e divertida pode parecer uma cama muito original, mas e se ao espreguiçar-me ela desaba e você está no trabalho e eu estou aflito e quem me vai ajudar?!!! O drama, o horror… poupe-me, por favor! No que toca à cama, vamos jogar pelo seguro ok?!

* De fácil transporte – Mais importante do que qualquer cesto é o local onde o vamos colocar! Se calhar vamos ter de fazer algumas experiências até acertar no canto ideal – muito sol no Inverno, fresquinho no Verão – por isso, convém que ele seja de fácil transporte, para não o cansar… se não, quem é que me vai dar colo?

O que evitar?

* Evite escolher camas que sejam demasiado grandes ou extremamente minúsculas para o seu gato – pense na sua própria cama – o conforto é ou não é tudo?

* É igualmente importante que a entrada/saída não seja um obstáculo – a ideia é descansar e não cansarmo-nos! Para além disso, detestamos sentir-nos encurralados!

* Os modelos que não sejam de fácil limpeza são desaconselhados, até porque – e segundo dizem os especialistas – são um íman para a bicharada, as humidades e os fungos! Yuck!

* Certifique-se que o tecido da cama seja de qualidade, ou seja, que às primeiras gotas de água ou outros líquidos que podem ir lá parar “acidentalmente” (juro que se acontecer é sem querer!) as cores não desbotem!

* Veja o cesto à lupa, para ver se não existem partes de tecido, fios ou outros acessórios que, embora dêem um toque engraçado à cama, podem ser muito perigosos para os felinos que não resistem a pôr tudo e mais alguma coisa na boca!

3 comentários:

  1. Eu sou uma gatinha muito prática e econômica, adoro dormir grudadinha com a mamãe, pena q ela gosta de se mexer muito à noite e o papi ronca muito alto !
    Lambidas da Pink

    ResponderEliminar
  2. Eu e o Thomas temos uma ótima solução para a hora de dormir...vamos pra cama da Su e do Mila. Não tem problema, a gente deixa eles deitarem também.
    Lambidas sonolentas...

    ResponderEliminar

Obrigada por gostares de gatos :)
Todos os comentários são muito importantes para mim.
Ron-rons da Moody