domingo, 1 de novembro de 2009

Cuidar do seu gato

Cuidar do seu gato

HIGIENE

Os gatos são animais naturalmente limpos, tendo por isso uma enorme aversão à sujidade. Por instinto, enterram e escondem os seus dejectos, procurando por isso, uma superfície mole e absorvente para fazer as suas necessidades fisiológicas. Em casa deverá por isso ensinar o seu gatinho a utilizar a caixa de areia, logo a partir das três ou quatro semanas de idade. A caixa deverá ser de um material facilmente lavável e não absorvente (como o plástico ou metal), onde será colocado um produto absorvente. Normalmente utiliza-se granulados especiais que se podem comprar em qualquer loja, podendo também ser utilizados raspas finas de madeira, serrim ou areia. Poderá acontecer que o seu gato seja tímido, e se sinta perturbado pela presença de pessoas. Nesse caso opte por camuflar o tabuleiro atrás de um cortinado ou dentro de uma caixa.

Deverá tomar ainda as seguintes precauções:

  • Limpar o tabuleiro com frequência. Lembre-se que ele tem horror à sujidade.
  • Colocar o tabuleiro num local sossegado e acessível.
  • Manter uma distância razoável (4 metros) entre os locais de alimentação e higiene.
  • Colocar bastante areia no tabuleiro para que o animal possa esconder eficazmente os seus dejectos.
  • Não afastar demasiado o tabuleiro do local onde dorme (especialmente se for um gatinho) caso contrário poderá não conseguir chegar a tempo!

Unhas
Se o seu gato está a maior parte do tempo em casa ele não tem a hipótese de coçar as suas unhas pelo que estas poderão atingir um tamanho demasiado grande. Deve então, sempre que achar necessário aparar-lhe as unhas- Nunca as corte demasiado pois isso será doloroso para o gato e pode retirar-lhe um do seus meios de defesa. Aperte levemente a para do gato e verá que as suas unhas ficarão totalmente à vista. Com a ajuda de um corta-unhas especial ou de uma tesoura muito bem afiada corte a parte necessária. Se não se sentir à vontade o melhor será contactar algum estabelecimento especializado nesta actividade com animais de estimação.
Dentes
A limpeza dos dentes é uma tarefa importante para evitar a formação de tártaro. Para tal utilizes uma escova de dentes macia e uma pasta de dentes para gatos. Habitue-o primeiro ao gosto e depois escove-lhe os dentes.
Ouvidos
Inspeccione atentamente o interior da orelha do seu gato. Se apresentar cera escura ou outro tipo de sujidade é importante efectuar uma limpeza. Para tal use cotonetes embebidas em azeite ou óleo para bebé e esfregue lenta e suavemente até retirar todas as impurezas.
Olhos
Verifique se existem mucosidades excessivas nos olhos. Se assim for pode provocar o entupimento do canal lacrimal pelo que deve efectuar uma limpeza com um pouco de algodão embebido em azeite ou óleo para bebé.
Pêlo
Dependendo da espécie e raça cada gato requer cuidados especiais e únicos com o tratamento do pêlo. No caso dos animais de pêlo curtos deve cuidar duas vezes por semana escovando com um pente metálico, depois com uma escova de borracha(massaja e ajuda a retirar o pêlo morto). De vez em quando aplique um líquido próprio à base de álcool para retirar a gordura e dar brilho ao pêlo. Se o pêlo do seu gato for comprido então terá que ter um pouco mais de trabalho e dedicação. Polvilhe-o com um pó de talco próprio para o efeito que ajuda a separar o pêlo. Depois escove-o para retirar o pêlo morto que se vai acumulando junto à pele. De seguida passe-lhe um pente metálico que ajuda a eliminar riços. Por fim escove-o lentamente por toda a superfície deixando-lhe um bonito aspecto.
Banho
Existem algumas ideias erradas que defendem que dar banho a um gato lhe retira defesas. Isso é totalmente errado! É verdade no entanto, que esta não é uma tarefa muito fácil, mas isso depende apenas da afeição do seu animal pela água.

Se o seu gato se der bem com a água coloque-o numa bacia ou banheira e molhe-o lentamente com água morna à temperatura do corpo. De seguida massaje-o com um pouco de champô próprio para animais evitando atingir a zona da cabeça. Depois retire o champô novamente com água limpa morna e embrulhe-o numa toalha. Coloque o gato num ambiente quente para que ele possa secar e não apanhar constipações.


Se o seu gato for completamente avesso a água, pode optar por usar um produto seco, tipo pó-de-talco à venda nas lojas de animais de estimação e que ajudam bastante nesta tarefa. Nestes casos, e dada as especificidades de cada produto, recomendamos que siga as instruções do fabricante presentes na embalagem.

retirado do site:http://arcadenoe.sapo.pt/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por gostares de gatos :)
Todos os comentários são muito importantes para mim.
Ron-rons da Moody